Uma casa para a Renovação Carismática do Brasil

O presidente do Conselho Nacional da RCC, Marcos Volcan, fala sobre a construção da sede do movimento, em Canas/SP.Durante sua pregação, no Congresso Nacional deste ano, o presidente da RCC, também deu uma boa notícia a todos os presentes: a Renovação Carismática ganhou um terreno para construir sua sede. Nessa breve entrevista, Marcos nos explica a importância dessa aquisição.

Presidente, ter uma sede era um sonho antigo do Movimento, que finalmente está prestes a ser concretizado. Como isso aconteceu?

Marcos Volcan: Há aproximadamente quatro anos, lançamos de forma oficial, uma idéia que já não era tão nova, ou seja, a de construirmos uma sede nacional para a Renovação Carismática Católica do Brasil. De lá para cá, muitas possibilidades surgiram. Algumas pessoas, sensibilizadas, ofereceram terrenos para este fim. Entretanto, por diversas razões as ofertas não se adequavam às nossas necessidades. Ter este terreno era muito importante, pois nos últimos anos a RCC se organizou para poder dar passos no sentido de construir a sua sede. Nosso Escritório Administrativo, através dos diversos setores, ganhou uma boa experiência: adquiriu equipamentos, adotou sistemas para informatização de nossos trabalhos, reformulou seus departamentos financeiro e comercial e desenvolveu uma nova forma de comunicação. Tudo isso nos dá a segurança de que estamos mais maduros e estruturados para uma missão tão grande. Durante o Congresso Nacional, tivemos a grata oportunidade de comunicar, oficialmente, que uma área de 90 mil metros quadrados nos foi disponibilizada pela Prefeitura de Canas/SP para a construção da nossa sede.

Essa história será contada com mais detalhes em outras ocasiões. Por ora, compartilho essa etapa mais recente: após recebermos a proposta da Prefeitura, a apresentamos ao Conselho Nacional em uma reunião que antecedeu o Congresso. Depois de uma avaliação e discernimento, os conselheiros presentes aprovaram, por unanimidade, a construção de nossa sede nesta região do Vale do Paraíba.

Já há uma perspectiva a respeito do começo da Construção?

Marcos Volcan: Temos, agora, diante de nós uma grande tarefa, que exigirá um envolvimento da RCC de todo o Brasil. Um grupo composto por arquitetos e engenheiros já fez um primeiro esboço da planta. Em nossa próxima reunião do Conselho Nacional, em outubro, deveremos conversar e tomar as decisões relativas à construção para, então, desencadear uma ampla campanha de mobilização de recursos para este fim. Louvamos a Deus, pois não se trata apenas de uma construção, mas de uma casa para a Renovação Carismática Católica do Brasil. Estamos convictos de que este local representará e promoverá ainda mais a unidade e identidade de nosso movimento, colaborará com a implantação da Cultura de Pentecostes, ajudará a guardar nossa história e formará nossos membros. Um lugar de bênçãos, onde nos reuniremos e contaremos a nossos filhos e a todos os que ali estiverem as maravilhas do Senhor. Estamos certos de que com as orações e determinação de todos que pertencem à RCC, e com a intercessão de Maria, haveremos de superar os novos desafios.  Nossa sede, para glória do Senhor Jesus, haverá de concretizar-se!